sexta-feira, fevereiro 18, 2011

.:QUANDO CAMINHAR TORNA-SE ALGO PERIGOSO:.

Quando vou fazer alguma atividade física, opto por caminhar. Caminhar na esteira.

Moro próximo a uma avenida que possui um espaço bem legal para caminhada, no entanto, a avenida é muito perigosa. Você deve estar pensando que o perigo está relacionado a violência. Não é isso! Também não está relacionado com falta de segurança no trânsito (atropelamentos, por exemplo). O perigo está na calçada e na pedestre (eu!).

Quando mudamos para cá, meu marido e eu resolvemos caminhar juntos a noite. Nossa ideia era fazer disso um hábito diário. No primeiro dia em que fizemos isso, partimos de casa sem jantar e andamos um bom pedaço. Parecia que ia chover. Estava quente!

Quando passamos em frente a um restaurante japonês, ele perguntou:
- Quer jantar aqui?

Pra quê? Eu adoooooro comida japonesa. Pra ajudar, pedi rodízio. Comi tanto que até fiquei estufada. Na hora de ir embora, começou a chover e quase precisamos chamar um taxi para ir embora.

Veja que ridículo: fomos caminhar para fazer exercício físico. No entanto, comemos fora e quase voltamos de taxi! Só comigo mesmo...

Depois dessa tentativa frustrada, fomos andar mais uma ou duas vezes.

Por causa do "perigo" da caminhada ao ar livre, eu escolhi caminhar na esteira da academia do prédio. Porque sei que lá pelo menos, não tem nenhuma tentação, pelo contrário, dá vontade de terminar logo para ir pra casa!

Quarta-feira, quando fui andar na esteira (ao fundo) por
30 minutos. Domingo vou de novo, andar 1hora.

3 comentários:

Anna disse...

menina ri muito com tua caminhada kkk afff é que quando a tentação é algo q gostamos muito e ta bem no caminho, resistir é tarefa danada né
bjim flor, na proxima passa longe desse restaurante

Nathália disse...

Hahahaha, ri muito! Mas o pior é que é mesmo! :DD

Beeijo

cris disse...

oih...
afss, isso ja aconteceuh komigo, mas agora me seguro, e acredita ke perto da minha casa tem um lanche...
e bem na eskina fika um bar kom akeles churaskinhos... nem é a vontade de komer de verdade ke grita, é a gula ke sente o cheiro, akele cheiro de fumacinha de churrasko...kkkk