terça-feira, março 22, 2011

.:BULLYING:.

Há dois dias, quando meu marido comentou sobre o vídeo de um garoto gordinho que resolveu repentinamente se defender do bullying que sofria diariamente, confesso que fiquei curiosa. Não sou o tipo de pessoa que procura vídeos do YouTube para se divertir. Por isso, acabei não assistindo o vídeo. Achei que ficaria impressionada, pois meu marido tinha me contado que, ao se defender, o menino gordinho tinha jogado o outro de cabeça no chão.

O vídeo tornou-se um viral na rede, afinal, o bullying é algo muito comum no cotidiano escolar (falo isso com certa propriedade, afinal, sou professora!).

Ontem, recebi o link da entrevista que o garoto Casey deu a TV e assisti o vídeo com o maridão. É impressionante! Desde a segunda série (ele já tem 15 anos), ele era a piada da turma. Com 15 anos, ele estava sem amigos, sozinho e até pensou em suicídio.

Mesmo com as provocações diárias (chegaram a colar Casey com fita crepe no poste!) ninguém percebeu o que estava acontecendo. Nenhum parente. Nenhum amigo. Nem professor! Acho isso inaceitável!

Eu, como professora, tento observar todos meus alunos e sou intolerante a xingamentos e discriminação de qualquer tipo. Apelidos na minha sala de aula são proibídos. Se vejo que um aluno está amuado, calado, chorando, chamo para conversar em particular. Quando tenho que chamar atenção dos que praticam o bullying, não tenho dó. Já mando logo um "Vamos primeiro olhar no espelho, depois procuramos os defeitos dos outros, que tal?".  [Não sei se o que faço é certo. Mas não aguento ouvir calada.]

Como Casey, também sofri bullying na escola numa época em que ninguém achava que isso tinha importância.
Tinha apelidos e ouvia sempre o tal do "gorda-baleia-saco-de-areia", entre muitos outros. Não lembro de ser defendida por ninguém. Não lembro de contar aos meus pais que isso acontecia. Meus amigos não me defendiam. Os professores então ...
Assim como o garoto do vídeo, também acabei me isolando de tudo. Acho que até fiquei meio depressiva.
Mas isso é assunto para outro post. Se não esse vai ficar parecendo um romance.

Se você ainda não viu o vídeo, vale a pena "ganhar" 10 minutos do seu tempo para refletir sobre isso.



Já existe um vídeo com a resposta do garoto acusado de bullying. Claro que os pais dele procuram justificativas para a ação do filho. Desculpas: é o que soa para mim. Além disso, dizem que foi Casey que começou.  De qualquer forma, acredito que Casey só agiu com violência, pois não houve intervenção de um adulto para fazer com que as provocações tivessem fim.

Cardápio na tela!
22/03/2011


Café da manhã
Fui fazer exame de sangue (não contei aqui, mas depois do carnaval fiz e deu suuuuuuuuuuuuper alterado, então tive que refazer hoje).
Capuccino com adoçante, 4 bolachas de chocolate, 4 bolachas salgadas

Almoço
Arroz, feijão, frango com creme e milho, salada de alface, tomate cereja gêmeos, cenoura e beterraba ralada.

Lanche da tarde
Carambola, 2 bolachas, polenguinho e activia morango light

Jantar
2 esfihas: frango com catupiry e catupiry (a de carne não gostei), 1 pedaço de bolo integral

Ceia
Chá verde com 2 bolachas água e sal

17 comentários:

Anna disse...

é flor, eu já vi esse video e confesso q adorei a reação do garoto, os meninos irritando ele foi me dando um nervoso e adorei qdo ele explodiu, não q seja certo, mas todo mundo tem um limite e esse garoto q começou a provocar aprendeu a lição
eu acho q aki no Brasil existe muito disso, não só com gordinhos, eu era discriminada pela altura exagerada e magreza na infancia e adolescencia, acredito q hj mantenho as gorduras por inconscientemente ter medo de voltar a ser magrelona tb ... psicologo já me disse isso q me saboto por não ter resolvido essas questões ainda

muito vc trazer isso pra gente viu,adorei
bjim

AGORA VAI, COM CERTEZA VAI ...... disse...

Oie Miga,

É muito triste né ........... isso tem que acabar ........... as crianças sofrem demais ........... e nem sempre e por peso, tem por raça, gosto e etc ...........

Beijus Paty

AGORA VAI, COM CERTEZA VAI ...... disse...

Miga,

Copia sim a imagem e tb faça uma campanha ........... as letrinhas são muito chatasssssssssssss

beijus Paty

Gaby disse...

Muito Triste...
Mais triste ainda é os pais não tererm ideia do sofrimento do filho...
O que infelizmente não é raro...

Kelly Krys disse...

Oi, minha querida!
Tudo bem vc não comentar =)
Mas que bom que olha todos os meus posts, eu tb olho todos os seus!
rsrs
Eu tb sofri isso no final da adolescência, mas passei ilesa, rs, apesar de até hoje não ir com a cara da menina que me xingava de Gorda ridícula, rsrs

Ótima noite!

Bjks

Mari disse...

Oi Rapha... não passei por isso, pois não fui gordinha na infância, mas tinha outros apelidos que também me incomodavam. Já tinha visto o vídeo do menino se revoltando contra a zuação. Ele ainda tenta evitar... tenta contar até dez, mas aí ele explode!!! Não deve ser nada fácil... Preconceito não tá com nada!!!
Beijos e continuo te acompanhando,

Mari

Bina disse...

É muito complicado mesmo isso, que sirva de alerta para os pais e professores pq temos que ficar atentos, tenho um sobrinho nesta idade e sempre converso sobre as escola e a relação dele com os amigos.

Super bju

Emanuellle disse...

passei por BULLYING numa époc que nem sabia o nome e como doi amiga, isso é realmente uma coisa q marca, e o q mais entristece é q hj as coisas são ainda piores, as pesssoas estão cada vez mais crueis, que Deus proteja, guarde a mente e o coração de cada um que passa por isso hj!!!


bjssss

Bethynha disse...

bom dia amiga..bulling eh coisa mto séria mesmo..
qndo eu era criança nao lembro de ter sofrido isso..mas gozacoes sempre tinham...me chamavam de grandona..pq sempre fui meia alta para a idade na epoca..e como eu ia mto mal em matematica me gozavam mto..claro que isso me irritava..mas ao passar dos anos isso foi passando..ainda bem ne..
pq quem sofre disso deve ser terrivel..
ngm tem o direito de fazer isso com outras pessoas...

bjos amiga e boa quarta

deiacantelli disse...

Oi!
Eu nunca sofri com bullying ainda bem e olha que sempre fui gordinha e era bem popular em todas as escolas em que estudei, e ontem na faculdade aconteceu um fato que fui obrigada a chamar a atenção de uma colega, ela zoou uma outra guria gordinha que estuda com a gente e essa menina é super bem resolvida, mas fiquei p... da vida e chamei a atenção dela pq se fosse comigo ia querer morrer!
Gostei do seu blog e vou te seguir
bjokas

Talita Oliveira disse...

Eu ainda não vi o vídeo. Vou dar uma olhada! Acho um absurdo essas atitudes e acredito também que é falta de supervisão e punição por parte das pessoas responsáveis.

Bjs

Mariana disse...

Oi Rapha..
Te achei no blog da Déa Aoki, adorei seu cantinho.. já te sigo.

Tb sofri bullying na infância e hoje, como mãe não admito e cobro certa postura da escola da minha filha.
Não quero que ela passe por nenhum constrangimento.
Vi o vídeo, e é inaceitável tudo aquilo. Coitado do garoto. Se bem que ele se defendeu mto bem.. rs rs

Beijo ;*

Luciana disse...

Oi Rapha! Vi o vídeo no jornal, acho muito triste isso acontecer. Minha sobrinha/afilhada sofreu bullying, ano retrasado teve que sair do colégio, pois não aguentava mais, minha irmã procurou a direção, foram feitas reuniões, mas a coisa não se resolveu. Acho revoltante, e creio que muitos professores pecam por não tomarem uma atitude e a direção do colégio também.
Acho que sua atitude é certa, não podemos nos calar, fingir que nada acontece.
Bjos, Lú.

Luciana disse...

Esqueci de dizer que o cardápio tá dez.
O bolo integral de chocolate ficou bom?
Bjos, Lú.

Bia disse...

Olá, Rapha, eu tbm como professora não tolero isso na minha sala. Sou super grossa quando vejo uma situação do tipo. Esse ano a minha turma do 2º turno é terrível, desse tipo, o mais incrível que são meninas, mas não estou dando mole. Estou super esgotada por ter que estar sempre de olho, repreendendo, conversando, punindo, chamando responsável, mas não posso bobear.

Sei bem o que passam os que sofrem.

Beijos

Juliana Cândido disse...

Parabéns pela sua determinação...
E assim vamos ao rumo dos nossos objetivos!!1
Tenha um belo restinho de semana abençoado
Fique com Deus

bjs JUH

Thássia S. disse...

Oi Rapha, vi seu coment no blogue da Manu e resolvi dar uma olhadinha no seu primeiro post, gostei mt da sua forma de escrever e to te acompanhando!!! Sorte pra nós!!! bjss