quinta-feira, fevereiro 09, 2012

.:PENSAMENTOS, SUSTO E ALIMENTAÇÃO:.

Se você pudesse viver um dia dentro da minha cabeça, poderia ver que meu pensamento está sobrecarregado.

30% é dedicado as coisas relacionadas a nossa família e ao "feijão": o quartinho, o chá de bebê, as lembrancinhas, o enxoval e, claro, como será nosso bebê!
30% do tempo, gasto para pensar nas coisas que preciso fazer em casa: lavar a roupa e a louça, fazer comida, tirar lixo, arrumar almoço pro dia seguinte, colocar lanchinho pro marido levar...
25% do tempo estou pensando em atividades relacionadas ao trabalho.
10% do meu precioso, gasto pensando em o que vocês estão aprontando por aí e nas minhas futuras postagem.
5% do tempo fica dedicado(?) ao me pensamento de culpa sobre não ter terminado a minha monografia (tenho apenas 30 dias para terminá-la!)

Concluindo: a situação tá feia para o meu lado e postar todos os dias será impossível.


Edgar e Rapha, versão LEGO.

Hoje levei um susto. Meu marido me ligou no começo da manhã pedindo para eu levá-lo ao hospital. Sai do trabalho e lá fomos nós. Ele já sabia que a dor indicava cólica renal.

Acho que todo mundo sabe que dores relacionadas pedras nos rins são terríveis. Pra quem duvida, ficam as palavras do médico:
- Dizem que a cólica renal só pode ser comparada as dores do parto...

[Obrigada doutor, pela ótima notícia.]

Apesar da demora no atendimento da recepção (ele estava com muita dor e foi um martírio ter que esperar pela chamada da senha), ele foi rapidamente medicado e durante o exame de urina conseguiu expelir a pedra. Ainda fizemos ultra-som e retornamos ao médico.

Engraçado (ou não) é que quando estava levando o Edgar ao hospital, senti muita pressão no pé da barriga. Parecia que o bebê estava tenso, sei lá. Acho que ainda é muito cedo para senti-lo mexer (14 semanas), mas eu senti alguma coisa diferente.

Sobre a fome constante, ela está diminuindo, ainda bem. O peso continua 71,5kg. Tenho bebido muita água e consegui aumentar um pouco a quantidade de carne vermelha e derivado de proteína, no entanto, o consumo de verduras, legumes e frutas ficou de lado (como indicou a médica).

Teimo a achar que isso seja uma refeição equilibrada, mas ela é especialista e eu sou apenas uma simples mortal gordinha...

Ah e minha coleção de Petit Cassaroles já tem duas peças.

11 comentários:

Desabafo.com disse...

Que legal acho que toda mãe sente seu filho desde muito cedo eu sentia o meu ja falava com ele e as vezes minha dor até parava quando eu pedia pra ele então sei lá eu acredito beijão linda e se cuida direitinho ta ke .

LILICA disse...

Nossa, nem me fale em crise renal.

Meu marido já teve duas e da última vez teve que fazer até procedimento cirúrgico pra colocar um catéter na uretra.

Esse homem sofria tanto que eu virei pro e disse: Doutor, pelamordedeus, esse é o único marido que eu tenho!

Mas Graças a Deus está tudo ótimo!

Adorei as cassaroles.

Beijocas

Nat Viegas disse...

Oi Rapha!
Como sempre, teus posts são muito divertidos e me fazem rir (mesmo se tratando de algo sério! melhoras ao marido, viu?).
Sabe o que este teu post me lembrou? Um episódio do seriado Friends, não sei se tu assistia... no mesmo dia em que a Phoebe foi dar à luz aos filhos, o Joey passou por um procedimento pra expelir pedra dos rins! hhahahahaha

beijoka!!

Brenda disse...

Oi Rapha, que bacana, vc está gravida e está mantendo seu peso, qnd eu engravidei engordei 30kg, pois assim que descobri que estava grávida fui direto pro mc donald´s, santa ignorância!! to pagando por isso até hj, e meu filho já tem 3 anos, tenho vontade de ter outro filho, e se acontecer farei completamente diferente, assim como vc, bjinhossss

Aline Delgado disse...

Dor de cólica renal é terrivel mesmo ,minha mãe tinha e era tenso demais ver aquela dor imensa.
A mãe pode sentir seu filho sim ,cada dia que passa ele ta crescendo e começar a se comunicar mais com você,é tão lindo.
Adorei a coleção
beijos

Smiley disse...

Olá!
O meu marido já teve algumas vezes e sei que é horrivel. As melhoras p Edgar.
Bjs e bom fim de semana

Julia disse...

Eu já tive crise renal mas não tive dor de parto, aliás, tive sim, mas não é ahora mais apropriada pra te contar não.
Poréeeeeeeeeeeeem, uma coisa eu posso te garantir, eu senti minha Yasmin sassaricar na pança com exatinhas 14 semanas.
Era algo parecido com um tremorzinho, parecia que a barriga mexia sozinha, era muito gostoso!

Moooooooooooorro de saudade de sentir ela dentro de mim, foi a experiência mais fantástica da minha vida. Vc vai ver como é maravilhoso!

Melhoras pro Edgar, só quem passa por isso sabe como é ...

Beijos

Julia

http://blog-espelhoespelhomeu.blogspot.com/

Bel Manjericão disse...

Ai, carambolas, meus pensamentos estão parecidos com os seus, quando se trata do blog e da culpa de não ter terminado AINDA um trabalho...! Fico até conversando comigo mesma!

Que susto, hem? 'Inda bem que passou!

Continue seguindo as orientações médicas, bonita!

Thássia S. disse...

Que susto, hein!?!? MAs já está tudo bem, neh!?!? Bjks

Andrea disse...

Menina meu marido tb teve dessas crises 2 vezes e a pedra nunca sai,só muda de lugar :-/
Eu sei como é é angustiante pq eles sofrem muito com isso,mais o melhor é q a pedra saiu!
Rapha a nossa cabeça relamente é sempre cheia de coisas,e tirar um tempinho pro blog as vezes fica complicado,ainda mais quando estar com os hormônios aflorados como vc rsrsrsrs,relaxa faça tudo de acordo com o seu limite!!
Bjo

A Fim de Viver disse...

Nossa, já levei o meu ao médico nesse estado. É desesperador!