segunda-feira, outubro 13, 2014

.::VESTE A CORAGEM::.

Recebi minha primeira "crítica ofensiva" aqui do blog através de um comentário anônimo no ultimo post.

E quero deixar claro que críticas são sempre bem-vindas. Já recebi várias. A maioria com muita razão. 

Comentários anônimos também são comuns, uma vez que a algumas pessoas não tem conta no Google. Então, faz parte.

Sempre encarei os comentários como um carinho (mesmos os que criticam), pois se a pessoa clicou no botão do comentário e gastou seu rico tempo escrevendo pra mim é porque ela acha que o que tem a dizer é pertinente e, o mínimo que ela merece, é atenção e respeito.

Agora quando junta comentário anônimo + critica maldosa o resultado só pode ser uma atitude covarde.

Sim, porque eu sempre digo aos meus alunos que ter coragem é falar na cara. 

Enfim, gostaria de fazer algumas considerações sobre o que foi escrito pra vocês entenderem porque eu achei melhor escrever esse post.

(Quem quiser ler o comentário integralmente, pode ir no post anterior e clicar nos comentários. Eu não o exclui. Não tenho nada a esconder.)

Bom, a pessoa diz:

"fico muito triste quando vejo pessoas que reduziram o estomago chegarem a este estado novamente" 

"esse estado novamente" quer dizer o que exatamente? Porque a gente reduz o estômago quando é obeso mórbido. Hoje eu estou com obesidade grau um, então, não voltei a estado de antes da redução. 

"poxa voltar desse jeito sem um pedaço do seu estomago é complicado neh gata...."

Pra sua informação, não se tira nenhum pedaço do estômago, apenas há uma redução do tamanho. Fica disponível a parte menos elástica. A outra parte, fica inativa, mas dentro do meu corpinho roliço.

" vc passou por uma cirurgia pavorosa, (...) mesmo assim vc voltou a engordar... (...) vinha aqui postar todo dia q tava indo na academia do condominio e etc, e agora ta comendo que nem doida... vamos acordar neh"

Aqui é tanta bobagem, que dói responder. Cirurgia pavorosa, para quem? Pra mim não foi. Foi através dela que conheci meu marido, que aprendi a me conhecer e amar, que tive a chance de fazer diferente. Pesava 104kg e estou com 80kg. A cirurgia não é um ponto final, é um meio. Só quem passou por ela sabe.

Se eu falhei em ir a academia e engordei novamente é porque (1) lidar com comida é complicado pra mim (você não se tocou que tenho um BLOG sobre isso?) e (2) porque eu represento uma imensa população que tenta achar uma maneira eficiente de estar saudável e feliz com o próprio corpo.

Se fosse fácil, eu não teria tantas histórias para contar a respeito desse assunto.

Vamos fazer o seguinte, enquanto gasto meu tempo "acordando", você gasta aprendendo a escrever, pode ser?




9 comentários:

Anônimo disse...

olha não ligue afinal tem pessoa que é assim mesmo só gopsta de criticar e se vc engordou o problema é seu, é chato mais é algo q vc pode mudar agora a pessoa ser maldosa e querer ofender os outros nem sempre muda ainda mais que nem assinou dando o nome, não ligue.
bjs Bárbara rj

Simone Attias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Simone Attias disse...

Parabéns pela belíssimo texto!!!
Infelizmente pessoas " pequenas" só sabem criticar e julgar, sem ao menos saber os bastidores, histórico familiar etc.
Beijos e sucesso!!!

Fabi Sereia disse...

O que importa é que voltaste!! As criticas vão sempre existir, as construtivas vc absorve e as ofensas faz de conta que não são nada! E muito difícil sim, tem que ter força de vontade, coisa que eu tinha perdido tb, estou com 78 kgs tendo chegado a 59, mesmo sem reduzir estomago, então estamos no mesmo barco.A gente é que entende o que passa em nossas cabeças não é mesmo? Vamos lá tudo de novo!! Bjus

Anônimo disse...

Rapha, linda, primeiro gostaria de saber que adorei que você voltou a escrever, você é um anjo, porque além de se ajudar, ajuda a mim e a outras pessoas que nem conhece. Ótima mãe, sabe que minha filha também é tudo pra mim, mas só quem é mãe como nós sabe que não podemos cuidar somente dos filhos, mas que quando cuidamos de nós isso se reflete nos nossos bebês, além do bom exemplo. O comentário anônimo é a famosa inveja que uma pessoa covarde tem de você, uma pessoa linda , profissional, excelente mãe, esposa, bem sucedida na vida...Deixo aqui o meu relato também que graças a você eu estou melhor com a minha auto estima porque você me ensinou e me cuidar e a me maquiar. Maquiagem não é algo superficial, assim como cuidar do corpo, é algo inexplicável (afinal eu não escrevo tão bem quanto você...).
Eu engordei 13 quilos por problemas na tireoide, irei te seguir no blog para ter uma força, uma ajuda, ok?
Você é batalhadora, vencedora e deve ter orgulho de tudo isso. Seu filho vai se orgulhar...
Ps.: todos da EMEF Imperatriz Leopoldina que tiveram o prazer em lhe conhecer não a esquecem...
bjs, Karina Cavalcante

Anônimo disse...

Nossa que bom que vc voltou a escrever, ngm entende que a obesidade é uma doença como qq outra e que não é um simples cirurgia( digo simples pq tbm fiz) que vai mudar uma doença que temos. Alias ngm entende que a redução de estômago é um instrumento de ajuda que permite perder parcialmente peso, mas não garante que vc seja magra...E afinal só quem já pesou, 130, 120, 100 kg sabe a vitória que é pesar 80 kg.

Então Parabéns pela sua trajetoria, continua suas aulas na academia e se empenhe, mas não esqueça que comer é bom e não é pq fomos gordas que temos que sucumbir a comentarios maldosos, pq a vitoria é sua...

Tathiana Santos disse...

Olá, Rapha
Boa tarde ; )

Eu tenho acompanhado a sua história, feito se lê um livro, há alguns dias (ainda estou em meados de 2011)
Há um e-mail para que eu possa entrar em contato com vc?

Obrigada ; )

Anônimo disse...

Parabéns pelo texto! Sou e sempre fui gordinha, hj tento me controlar através da alimentação mais saudável, mas te entendo perfeitamente, é uma luta diária. Infelizmente existem pessoas que julgam sem saber o que se passa verdadeiramente com a pessoa, é triste, é baixo, é vergonhoso, mas existe e temos que simplesmente desconsiderar tamanha ignorância e o tal preconceito. E você está ótima emagreceu 20 quilos, mais uma vez parabéns e boa sorte na sua trajetória rumo a perda de peso, mas principalmente pela sua atitude consciente.

Roberta Sanches disse...

Ola Rapha. Tente não se deixar abalar por comentários como este. Seu peso não te define. Você é uma vencedora, uma mãe maravilhosa, e nenhuma pessoa deveria ser julgada pela forma física. Apenas você pode julgar o que é melhor para você.
Beijos e felicidades.