quarta-feira, janeiro 11, 2012

.:COMO DIZER A UMA PESSOA QUE ELA ESTÁ ENGORDANDO:.

[Putz! Duvido que você leia até o final...]

Desde o começo dos tempos ou - pra ser sincera - desde que criei o blog, ficou claro para mim que a consciência sobre a reducação alimentar seria um processo, ou seja, nada que poderia ser resolvido de uma hora para outra, nada de milagres. Nada de ideia mirabolante.

Demorou um ano para eu tornar padrão o que antes era exceção. Por exemplo: aumentar a ingestão de frutas, legumes, verduras e evitar doces, refrigerantes e frituras.

Um ano se passou, muitas coisas mudaram na alimentação e com 9kg a menos fui a praia no final de semana passado.

E pela primeira vez na história desse país, tive coragem de ficar de biquíni na praia. Ééééé! Mostrei minhas gordurinhas a quem se aventurasse a olhar.

Você deve estar pensando que antes eu ia a praia de maiô, mas não! Eu costumava ir de roupa mesmo. Tipo assim: bermuda e camiseta.

Ia de roupa e ainda ficava embaixo do guarda-sol lendo. Entrar no mar? NUNCA. Só de pensar em desfilar minhas gorduras do guarda-sol até a água do mar, já morria de vergonha.

Mas dessa vez foi diferente. Não apenas porque eu era a mulher mais "magra" da turma (ui!), mas porque (1) vi que as outras não tinham vergonha delas mesmas e (2) eu estava me sentindo bem com meu corpo, mesmo eu ainda sendo uma futura-ex-gordinha.

Fiquei de biquini, tomei sol e me senti livre dos meus próprios preconceitos e julgamentos.


Agora você me pergunta: Ô Gordinha! O título do seu post não tem nada a ver com o que você contou até agora! Dá pra explicar?


Bem, na verdade, eu passei o final de semana inteiro pensando em Como Dizer a Uma Pessoa que Ela Está Engordando.

O problema é o seguinte: desde que comecei a emagrecer, tenho reparado mais nas pessoas ao meu redor, família e amigos principalmente. O que vejo é que, salvo alguns casos específicos, todos estão engordando.

Na época das festas, revi muita gente e fiquei assustada com a mudança. Assustada e incomodada. Confesso que fiquei morrendo de vontade de falar alguma coisa, comentar da minha reeducação alimentar de novo (porque no geral todo mundo sabe), provocar alguma discussão a respeito. Não que eu me incomode de ver as pessoas gordinhas. Nunca! Mas eu sei como é ruim não entrar mais nas roupas do guarda-roupa, encarar o olhar inquisidor dos parentes, aguentar apelidos indesejados, procurar por dietas milagrosas que acabem com nosso vício da noite para o dia...

Porém é justamente porque eu já estive nesse lugar (de pessoa que engorda mais e mais a cada dia) que sei que não posso dizer que a pessoa está mais gordinha sem magoá-la. Pense nas vezes que fizeram isso com você. Alguma delas serviu de estimulo para você querer mudar? Se você for como eu, a resposta é NÃO. A maioria das vezes ficamos ainda mais frustrados, tristes e, claro, descontamos tudo na comida.

A Ju, uma abençoada que apareceu aqui no blog hoje(!) como a seguidora número 401, deixou um recado incrível enquanto eu rascunhava esse texto. Ela citou um texto que eu escrevi há algum tempo por aqui e que explica direitinho porque nós NÃO devemos dizer que alguém está engordando.

"As pessoas se acham no DIREITO de dizer que uma pessoa é gorda. Sempre tive vontade de responder:
- Sou gorda, mas não sou burra. Tenho espelho em casa e sei como ele funciona.

Será que as pessoas pensam que a gente não sabe que é gordinha?"

Bom, já que fui eu mesma quem escrevi a citação acima, não pega bem contrariá-la, né?
[Seguindo a promessa: hoje começo visitar todos os blogs e termino até amanhã a tarde. Se eu não visitar o seu, pode deixar um recado cobrando a Gordinha!]

27 comentários:

Vanessa disse...

adorei....menina eu fico sempre passando por aqui pra ver se tem algo novo...porque eu simplesmente adoro o que e o jeito como vc escreve...quando eu crescer quero escrever como vc beijo....

disse...

Oi florzinha! sabe qdo vou a praia tbm fico de roupa. Meu incentivo final será uma viagem p/ praia, mas mesmo com o peso ideal ainda acho que não vou conseguir encarar um biquini pq tenho mtas estrias, vamo ver como será...

Beijinhos

tokyofeelings disse...

Oi!
Não precisa falar asssim, "na lata", que a pessoa está engordando.
Talvez seja o caso de chamar essa pessoa para fazer uma caminhada no final de semana ou algum outro programa que não envolva comida. Fala que vc quer companhia para caminhar, sei lá... Se a pessoa se sentir a vontade, em algum momento ela vai abrir espaço para o assunto "ganho de peso".
De qualquer jeito, por mais incomodada que vc fique, a ficha de cada um cai uma hora... Vc não precisa ser a pessoa que vai fazer essa ficha cair na marra. =)

Ju disse...

Ownnnnnn, vc é mesmo uma fofa!!! Fiquei toda boba que vc passou no meu cantinho! E ainda fui citada por vc, que chic! hehehe Mas falando sério agora: sabe o que achei mais legal? Não o fato de vc usar o biquini, mas sim o fato de vc se sentir bem com isso. Seria ruim se usasse o biquini mas ficasse incomodada. Quanto a pessoa, acho que depende da sua relação com ela. As minhas irmãs já me deram vários toques sobre isso e nunca foi de uma forma que me magoasse. Mas por isso que depende muito da sua relação com a pessoa, né? O importante é vc falar de uma forma que a pessoa entenda que vc só quer ajudar! Enfim, boa noite pra vc! E obrigada por tudo... sem saber, vc me ajudou muito hj!!! :) Beijinhos

JóiJói disse...

Complicado dizer isso a alguém.
Tem que ser com todo o jeito do mundo...
Quanto a praia, parabéns pela coragem!
Esse fim de ano, eu estive na praia também, e em um dos dias, perto de n[os havia uma moçaaaaaaaaaaaaaaa super gordinha, com um biquini minúsculo.
Mas ela aparentava estar tão satisfeita consigo, que nem chamou muito a atenção ou foi motivo de chacotas...
Aproveite, não vá pra praia apenas pra ler, afinal, isso vc pode fazer em casa né??? rsrsrs

Beijo.

Desabafo.com disse...

minha linda tô mega feliz que vc deixou comentário la no blog gosto tanto de ti nem acreditei quando vi seu nomezinho lindo la pq vc é linda até no nome !!! Ai Rapha me sinto como vc tenho amigas que amo muito engordando demais ,com problemas sérios, e não falo nada porque sei que elas sabem, e sei que elas tem de decidir quando acordar ,como eu decidi !Então é muito difícil pq depois do blog da vontade de gritar para o mundo sejam saudáveis! ou tentem ser como eu estou fazendo nem digo magra mas sim saudável que é o maior premio que ganhamos .sei bem como se sente beijos e minha resposta ta mais longa que o post . ke .

Nat Viegas disse...

Oi Rapha!
Nossa, fiquei muito feliz em ler isso... que tu se sentiu bem, se livrou dos teus próprios preconceitos! Nada melhor do que sentir-se bem, né? Eu fujo de praia, mas quando vou, é só de roupa mesmo, no máximo um vestido largo... mas isso vai mudar! :)
Quanto o assunto do título... bem, realmente é complicado. Dói muito quando alguém diz que engordamos e tal, mesmo com educação... pelo menos eu penso assim. Mas é verdade, cada um sabe de si e, se estar acima do peso não incomoda a própria pessoa, beleza :)

beijos!!

Anônimo disse...

Rapha, feliz ano novo! Besteira este negocio do biquini... Você é uma mulher linda! Cheia de energia! Quem te conhece sabe e quer somente que vc esteja feliz! Feliz ano novo! Flavia -ISE

Smiley disse...

Olá querida!
Apontar o dedo e dizer tu estás a ficar gorda, pode provocar mau estar no outro. Mas se disseres calmamente que se precisar de ajuda para emagrecer pode contar com o teu apoio e dicas talvez funcione, não sei...
Quanto ao "Apetite Control" não sei se haverá no Brasil, mas são uns comprimidos à base de produtos naturais que inibem o apetite. Não levo muita fé, mas vamos ver. Nete link tens informação detalhada: http://www.biollogicus.com/Ficha.aspx?prod=1307

Beijinhos

MoMô LivreLeveLight disse...

Eu li até o final!!![ÊÊÊe^^eÊ!]

Olha só, realmente deve ser horrível esse papel de dizer a uma pessoa que ela está engordando! Mas PIOR ainda é ouvir qualquer um que seja vir TE falar que você está engordandoooooo!

Como eu sempre odiei o lado de cá da conversa,se vinham comentar que eu estava 'diferente' já ficava toda arisca...entao prefiro não falar nada qdo um ente, ou amigo está rechonchudo, pois sei q ele JÁ SABE!!!!

Acho que a única pessoa que eu falo, é meu marido! KkkKkKKk Ele pode!

Bjoka

Kaka disse...

Adoro teu blog!
E sobre tru post...sei lá, mas acho que pouco adianta as outras pessoas falarem que vc precisa emagrecer se isso não partir de vc mesma.
Ficou esquisito assim, né...bem eu explico:

Nós que já passamos por isso sabemos que por mais que nos víssemos gordinhas, não dava aquele !estalo! de preciso mudar. E sem ele, minha filha...nem com reza braba a gente emagrece.
E o pior: talvez algum comentário em relação ao peso só faça desandar toda a comilança ainda mais. Pelo menos comigo é assim.
Se me falam que tô cheinha (óóó que fofo - Not!), como ainda mais...sabe aquela expressão:
-Ah, o que é um pum pra quem já tá toda cag*** mesmo.
Pois é, sou assim...fazer o quê.

Ahhh, passa no meu blog, viu
beijooooooooooooooo linda

Nova vida, novo estilo disse...

eu li até o final tá?!
E foi bom eu ler mesmo, pq eu preciso entender esse tal processo devagar. A pressa e a auto cobrança me consomem...
se for visitar, visita meu blog novo?
bjuuuuuuuuuuu!

PARABENS PELA VITORIA DO BIQUINI.

Patricia disse...

oooi, nossa como é bom se sentir bem consigo mesmo. Que bom que curtiu a praia e a respeito de dizer para uma pessoa que ela tá engordando é algo muito dificil e constrangedor. Assim que comecei a engordar a dois anos atrás uma colega da familia me disse que eu tava bem fortinha né. Eu fiquei tão triste ;/ e só respondi para ela que eu sabia disso. Mais depois fiquei o dia todo magoada ;x
Bem é isso, beijo :*

Tai Alcantara disse...

Ola minha irmã quase gemea...rsrs

Adorei seu blog!!
Pois é...somos parecidas nisso tbm, me incomoda qdo as pessoas me dizem que estou acima do peso, mas o pior é dizer o que eu tenho que fazer...como seu eu já não soubesse..até melhor do que elas...rs..Uma vez estava voltando para casa com a minha tia e um casal, conhecido dela, parou para falar com ela. O Cara estava totalmente bebado e nunca tinha me visto (nem eu a eles) ele virou para mim e falou "sabe o que é bom para emagrecer.."...eu nem deixei ele continuar e respondi "desculpe, mas eu não lhe perguntei nada.."ele e a mulher me olharam assustados.....minha tia ficou sem graça, mas eu me senti poderosa...rsrsrrsr...

bjsssss

Márcia disse...

Aiiiii que demaisssssss, adorei sua atitude, estou ensaiando há anos usar o biquine viu, mas agora vou passar minha lua-de-mel em Cancún e nem que a vaca tussa eu vou de roupa pra praia denovo ( eu tb era adepta das bermudas e camisetas heheheh).
Parabéns pela atitude!
Quanto a dizer aos outros, infelizmente só magoa, é muito dificil aceitar um comentario desses mesmo sendo pro bem, mesmo dito com carinho, infelizmente a pessoa precisa se tocar sozinha e muitas vezes até já se tocou, só é dificil mesmo de mudar e sabemos bem disso hehehehe

bjoo

Thalita Loraynny disse...

oiii
Tem um selinho novo no meu blog pra vc, depois pega lá.

Bjus***

Thalita Loraynny disse...

Olha Rapha
Essa questao de dizer ou não para a pessao que ela está engordando é mesmo muityo complicado. Comigo mesmo, várias pessoas falaram, mas eu não me vioa gorda. Sei lá o q acontecia...
Eu só fui tomar uma atitude quando eu me vi gorda.
Então, falar pra pessoa só vai magoa-la. Ela que tem q ver q engordou e se isso a incomoda, se incomodar, ela tbm tem q tomar a decisão de mudar.
Bem, isso foi apenas uma forma de compartilhar minha propria experiencia.

Bjus***

Relatos de uma Dieta... disse...

Rafa!!! rss... faz tempo q não conversamos... pois é, eu tb estou correndo com tudo, e só passando no blog das meninas, sem deixar recadinho. Mas nao deixo de te acompanhar.
Fiz um resumão dos acontecimentos e coloquei no blog.. desculpa aí deixar vc sem noção do meu amor que durou mais tempo que o sucesso de um integrante do big brother que sai na primeira semana. (rá)...
Ai que legal que vc esta lendo a série Millenium... Eu amooo. E devorei os três livros. Detalhes a parte que quando fui ler novamente esse ano eu devorei novamente... Me prende de uma maneira.
Em qual livro vc está?
Aqueles livros da capa do blog foram os livros lidos em 2011... Vou bolar uma listinha dos que mais gostei e te passo para vc tentar ler.. Vai que dá sorte de gostar também??? rs.
Tb gosto bastante de vc, torço e te uso de exemplo, pq ta para nascer alguém tão determinada e organizada ....rs
bjos

Geninha disse...

Menina, mt dificil mesmo dizer que to engordando, tenho uma amiga que sempre falo pra ela se cuidar e ela faz ouvido de mercador... muda de assunto e depois fica reclamando que ta engordando... vai entender as mulheres....


Obrigada pela visita, até me assustei... mal postei já tinha coment hasuhsa

MoMô LivreLeveLight disse...

Lindona, sobre o pilates:

Quem me dééra existisse um local próximo a minha casa onde eu pudesse fazer!!! Só tem em lugares mais distantes... tipo uns 20minutos de carro, mas eu não tenho essa dispô não!!!! kKkKkkKkKK


Vou continuar insistindo nessa vida... Quem sabe aprendo a amar com o tempo!?!? Sei lá!

Adoooro-te!
Se tiver facebook, me adiciona lá:
Facebook.com/MoMoVasconcelos

Cíntia Milanese disse...

Essa é uma ótima reflexão. Contudo, há necessidade de que as pessoas se sintam à vontade para tocar nesse assunto com as outras. Eu por exemplo, quando estava em processo de 'engordamento', não admitia que ninguém falasse da minha gordura. Só que uma hora, todos precisam de alguém que lhe abra os olhos. Há dores necessárias para a nossa evolução. Penso hoje, que melhor seria alguém ter me alertado quando eu estava nos 75 kg do que ter esperado eu chegar aos 102kg para abrir meus olhos. Quanto mais peso a gente tem, mais a luta é intensa e cansativa. Obs.: Você tem todo o direito de discordar de si própria. Acho até muito legal quando isso acontece. Quer dizer que amadurecemos. Um beijo.

Chris Ribeiro disse...

Muito bacana seu texto, Rapha!

Eu de vez em quanto vinha aqui ver como vc estava indo no processo de reeducação alimentar, mas me mantive meio longe pq comecei a pirar com isso de emagrecer, sério! Acabei marcando uma consulta e meu médico me pediu pra me afastar de coisas relacionadas a perda de peso pra que isso deixasse de ser uma neurose. Agora estou mais tranquila quando a isso, graças a deus, mas foi dose!

Quando a questão abordada, realmente. Em casa, percebo que todos estão engordando e acabo falando algo, mas daí me lembro o quão constrangida ficava quando era comigo. Acho que isso é algo que tem que vir de dentro e as pessoas falarem algo é como se elas apontassem um defeito seu e te julgassem por isso. Complicado.


beijos rapha!

Pollyanna disse...

Todas nós ficamos meio inseguras com o biquini, mas ainda bem que você foi, se jogou e se sentiu bem.
Não sei o que é isso há tempos.
Sobre falar com a pessoa que está ficando gordinha, você mesma tem a resposta né?!
Ô situação difícil.
Bjo

Talita Oliveira disse...

Eu li até o final e como é o comentário 24 teve uma galerona acima que tb leu! hahaha

Sobre o babado da praia eu nem gosto muito de praia logo esse negócio do biquini nunca me incomodou mt mas sei como deve ser um passo importante e fico feliz que você tenha se sentido bem e acredito que isso faça parte do processo como um todo né? Parece que a reeducação por mais que não esteja perfeita começa a ficar mais automática, mais fácil, a gente reclama menos, isso é ótimo.

Sobre o babado de dizer que uma pessoa está gordinha, você já desenrolou o babado todo, eu concordo com você e nem é pelo motivo de que as pessoas possam se incomodar, não enxergar que a gente está querendo ajudar, é porque pra mim, uma pessoa está com o corpo que está meio que pq prefere assim e eu tenho muitas opiniões mas dificilmente as exponho (mentira, exponho no blog kkkkk), assim, eu geralmente quando falo algo generalizo sabe? não falo pra uma pessoa específica porque sei lá, qnd eu me toquei que tinha que me reeducar foi um interesse meu. Ahh, estou toda enrolada pra falar sobre isso hahaah

Finalizando que eu estou dando o troco = post grande/comment grande kkkkk eu já sou a chata, já notei que o pessoal anda qse que me pedindo permissao para comer coisas calóricas kkkkk, minha sogra todaaa vez que vai tomar refri, olha pra mim e diz: "faz tempo né Talita? não tem problema ne?" e mesmo que ela tenha tomado anteontem eu respondo NÉ! então, e isso eu não falo nadaaa, imagina se eu falasse kkk

Bjs!!

Bel do Lu disse...

Aaaaah, como deve ter sido ÓTIMO ter ido à praia de biquini! Que diferença deve ter sido da época de bermuda e camiseta! Ô, banho de mar abençoado esse!!

Para mim, adiantou os da minha volta dizerem o quanto eu estava engordando. Os de casa, e uma amiga muito querida. Eu não gostei, mas TIVE que ouvir. Magoou, mas eu sei que veio de quem me ama. Hoje, agradeço.

É sinuca de bico (ou algo assim, deu branco e não sei se usei corretamente a expressão) observar que alguém que você gosta está engordando e não saber como falar.

Eu acho que deve ser falado, mas depende de como, quando e o quanto se tem intimidade com a pessoa. Pode-se ir aos poucos, até a própria estar aberta.

A gente vive cheio de dedos, nos dias atuais, deve ser aquela mentalidade do politicamente correto, que particularmente acho exagerada. As pessoas se magoam muito fácil.

Muito bom o comentário da Cíntia Milanese.

Bel do Lu disse...

De biquíniiiiiiiiiii! MANDAVÊ!!!!!!!

ferlindo7 disse...

Muito bom tópico. Mas comigo funcinou de uma maneira diferente. Recentemente eu estava num lugar pequeno cheio de amigos e um deles começou a me procurar. (Detalhe eu estava quase do lado dele) e começou a perguntar de mim para as outras pessoas. Depois de uns 2m ele percebeu e falou "Nossa fulano" como vc tá gordo nem te reconheci o que acontece com vc?" Aquilo me Chocou de uma tal maneira que prometi pra mim mesmo que isso nunca mais iria se repetir, mudei meus hábitos, entrei na academia, e em 6 semanas já perdi 6kg. E ainda vou perder mais uns 10 se deus quiser.