quinta-feira, agosto 16, 2012

.:O (PÓS) PARTO:.


Demorei 15 dias para conseguir voltar aqui e contar detalhes do parto e do que veio depois dele.

Quem tem filho e se lembra do primeiro mês de vida do pimpolho, entende um pouco do meu sumiço.

Minha vida tem sido de fraldas, mamadas, soluços, xixis na mamãe, chororô por causa de "fome- dor- cólica- calor- frio- só_Deus_sabe". Como eu disse no Facebook (citar a si mesma é um pouco de prepotência, né?): "Muito amor (pouco sono)".

Claro que tudo é compensado pelo aconchego do nosso Erick❤.

Tenho muita coisa pra escrever, então vou dividir em itens.

O PARTO

Eu estava disposta a tentar o parto normal, lembram-se? Mas quando fui fazer o ultra-som no dia 25 de julho, a médica percebeu que o bebê não havia crescido de uma semana pra outra e achou melhor marcar a cesariana pro dia seguinte (26/07). Como eu confio demais na médica, aceitei a decisão, pensando na saúde do bebê.

Fiquei uma pilha de ansiedade. Dormi mal naquela noite. Só pedia pro bebê vir com muita saúde. Meu pensamento estava fixo no ❤Erick❤. Nem lembrei na cirurgia em si.

Até que chegou a hora.
Depois que eu coloquei aquele aventalzinho ridículo, entrei em desespero. O medo me tomou de uma forma que só consegui voltar a me acalmar depois que tudo terminou. Meus médicos ficaram surpresos com minha reação porque eu estava nervosa demais.

Todo mundo diz que a anestesia não dói nada, mas eu senti dor, chorei e reclamei muito durante a aplicação. Assim que parei de sentir minhas pernas, comecei a tremer descontroladamente. Foi nessa hora que deixaram meu marido entrar. Tentei me acalmar com a presença dele, mas minha adrenalina estava a mil.

Logo (logo mesmo!) chamaram para que ele fosse ver❤Erick❤. nascer. Na hora, dá muita raiva de estar anestesiada porque você quer pegar seu bebê no colo, beijar, olhar ele inteirinho. Tiramos fotos, o Edgar saiu e eles terminaram o serviço.  
Duas horas depois, eu voltei pro quarto e reencontrei meu marido. Não tinha dor, apenas um incomodo na região do corte, mas ficava repetindo pras enfermeiras "eu não quero sentir dor, eu não quero sentir dor". E realmente não senti dor. O corte ficou bem inchado e dolorido, mas nada de dor intensa.

Para receber alta, eu precisava fazer meu intestino funcionar e, por isso, precisei caminhar pelo andar em que eu estava. Acontece que no meio do corredor havia uma balança e, claro, não aguentei e resolvi me pesar, achando que eu teria perdido uns bons 3kg, maaaaaaaaaaaaaas a maledeta acusou um horrendo 79kg pra minha tristeza. [Durante a gravidez, cheguei a pesar 80kg.]
Ficamos no hospital de quinta a tarde a domingo de manhã. Antes de receber alta, tomei um Noripurum na veia e uma dose de vitamina B-12 no bumbum, aquela injeçãozinha dolorida que tomei a gravidez todinha.

O PÓS-PARTO
Minha recuperação foi ótima. Meu marido ajudou muito, foi super paciente com minhas limitações e assumiu desde o primeiro minuto a função de pai. Um fofo! 

Depois que tive alta do hospital, voltei pra casa da minha sogra, onde estava morando há dois meses e fiquei por lá até o ❤Erick❤ completar 15 dias. 

Mesmo com o corte, saí da maternidade tomando banho sozinha. Aos poucos, fui conseguindo me movimentar melhor, fazer as coisas que eu precisava, dormir de lado, andar mais depressa, etc.

Dez dias depois da cesariana, tive consulta com minha obstetra. Ela me liberou para voltar pra casa e dirigir. Imagina minha alegria! Depois de 2 meses e meio, eu ia FINALMENTE poder dirigir.

A única coisa chata foi que acumulou uma gordurinha dentro do meu corte e ela precisou fazer uma punção. Pois é. Eu chorei feito criança porque doeu pra cacete caramba.

Aproveitei que estava por lá e resolvi me pesar. Apesar do susto que levei na pesagem pós-parto do hospital, tinha esperança de ter perdido alguns quilos e dessa vez eu estava certa. Em dez dias, perdi 5kg. Fiquei super feliz.

Quando voltei pra casa, reencontrei minha velha inimiga amiga e resolvi me pesar novamente. Em quinze dias, cheguei aos 73,7kg (-6,3kg). Sei que o resultado se deve ao fato de eu estar amamentando.

Amamentar é muito importante para a mãe e para o filho, mas eu confesso que foi nesse assunto que encontrei maior dificuldade até então. Só que dificuldades existem para serem superadas, por isso, estou enfrentando de frente com muita ajuda do maridon.

Ser mãe é maravilhoso e um pouco difícil.

16 comentários:

Fabi Sereia disse...

Menina,me lembrei direitinho de tudo que passei quando tive minha filha!Só posso te dizer que vais tirar de letra e a felicidade em ter este bebê lindo recompensa!Parabéns,ele é lindão!

Poly disse...

parabens! !! O Erick e muito lindo! como vc e uma super mulher com certeza e tbm uma super mae bjus

Tamires Alves disse...

Oiiiii Raphaaaaa... Parabens seu bebe é lindooooooo.... Sera uma super mae...
Bjaooo qrida se cuida, Que Deus lhe abencoe sua familia e esse baby lindo =D

Reaprendendo a Sonhar :))) disse...

PARABÉNS AMADA TUDO DE MELHOR NESSE MOMENTO UNICO... AMAMENTAR EMAGRE BASTANTE PELO MENOS AJUDA...

Lu Moraes disse...

Oi Rapha, parabéns, mamãe!
Benza Deus, como o Erick é lindo!
E graças a Deus ele nasceu forte, saudável e deu tudo certo, né? Fico feliz que você já esteja bem também.
Eu ainda não tenho filhos, mas sei que é tão lindo quanto difícil cuidar de um bebezinho assim... Quando der coloca mais fotos dele? Me apaixonei teu teu baby! =)

Beijo!

LUCIANE disse...

Parabens!!! ele é muito fofo e vc vai tirar esses 10kg de letra e vai da tudo certo bjs..

Natália Teixeira disse...

Rapha, eu mamei 3 anos, tu acredita? E minha irmã mais nova mamou 2 anos e 7 meses. minha mãe é fonoaudióloga e super veste a camisa do aleitamento materno!
Parabéns por tudo, pelo bebê, pelo marido, pela força e pelo emagrecimento!
Beijos e espero notícias! :*

Natália
www.leveparasempre.com

Ps: não tô conseguindo comentar aqui pelo wordpress, não sei pq!

AMANDO SER QUEM SOU disse...

Rapha, que lindeza seu baby!!!!! E nasceu bem no dia do meu aniversário!!!! Fico feliz que correu tudo bem e que vc está ótima! Muitas felicidades!!!!!!Bjocas

Desabafo.com disse...

oi minha linda dei uma sumida porque to enfrentando algo muito difícil em minha vida , mas não me esqueço de vc viu ! Que deus abençoe este anjo lindo e sua vida nunca mais será a mesma será melhor ser mãe é algo maravilhoso apesar de toda dificuldade beijos e muita saúde a vocês keila .

Danielle Queiroz disse...

Aiii Rapha, como seu bb é lindoooo, e parece ser tão grandão kkkk... menina, a parte de amamentar acabou comigo kkkk, meu bico do peito rachou e até sangrava mas eu não desisti, na consulta de 7 dias com a pediatra ela me ensinou a amamentar, passar água no bico dos seis e secar com secador de cabelo, pensa numa coisa q foi igual mágica? em 2 dias já estava super recuperada, e aí foi o prazer mais maravilhoso do mundo poder sustentar meu fioti rsrsr... q Deus abençoe muito vcs, dificuldades existem e vão sempre existir (agora sei mesmo q a história de q cada vez q cresce fica pior é verdade kkkk), mas o amor incondicional superar qq barreira, bjsss

Bethânia disse...

Olá, que coisa mais linda, nem parece que ele é tão novinho ainda. Bom, eu gostaria de ter saudade dessa época, mas não tenho não viu. O bom é que passa rapidinho, viva cada momento e tire muitas fotos, pq eles crescem rápido demais. Beijos e parabéns!!!

Andrea disse...

Noooooossa!
Acredito q só mesmo quem é mãe é q entende essa emoção do nascimento do nosso primeiro filho,é tudo muito divino,mágico e inesquecível.
Seu filho é muito lindo,que Deus abençoe!
bjo!

Bel Manjericão disse...

Ai, caramba, até lacrimejei um pouquinho, fiquei emocionada...! O relato e as fotos mexeram comigo.

Rapha, você é doida, vai se pesar logo depois da gravidez, inchada, recuperando, sabe-se lá mais o quê, aí fica cheia de minhoca na cabeça! Ainda bem que tinha outras coisas para ficar pensando, haha! Viu? Tivesse esperado um pouco, nem precisaria ver o quase 80.

Uma conhecida minha, no parto, além de xingar de dor, mordeu o marido que estava perto, hahahaha!

Amamentar ajuda no emagrecimento.

Ai, que linda, você mãe!!!!!!!

Rosemary disse...

Que lindo seu bebê!
Você também está linda.

Danielle Queiroz disse...

Oi minha linda, já passei por tudo isso, e pra te falar a verdade, nem sabia q existia remédio para ter mais leite kkk, o meu caso foi tomar um copo de malzibier, a tal cerveja preta, pensa numa pessoa q virou uma vaca leiteira kkk... foi isso mesmo Rapha, tomei na hora do almoço e a noite não aguentava de tanto q meus peitos vazavam... enquanto eu amamentava num seio, o outro ficava pendurado numa xícara e depois eu enchia uma chuquinha e o fe tomava tudo kkkk... meu maior problema na primeira semana foi os bicos dos seis rachados, saindo sangue mesmo, eu ficava branca de tanta dor, mas não desisti de amamentar, aí na consulta de 7 dias com a pediatra ela me ensinou lavar o bico dos seios e secar com o secador, pronto, foi igual milagre kkkk, dois dias depois já estava dando mamá como uma mãe super experiente rsrsr... bjss minha linda, e fique tranquila, daki pra frente as novidades não param de aparecer srsr, ah, e vc? daki uns bons 5 ou 6 anos terá um tempinho razoável pra satisfazer as SUAS vontades kkkkk

Giovanna disse...

Oi Lindo seu bebê que Deus abençoe muito ele e vcs. bjos. gi