sexta-feira, agosto 24, 2012

.:COISAS QUE NINGUÉM TE CONTA:.


Domingo faz um mês que o meu filho nasceu.

Nesse curto período, fui descobrindo um monte de coisas que ninguém conta quando você está gestante (acho que pra não te assustar antes da hora ou porque ser mãe é tão intenso que tudo fica em segundo plano, menos o bebê, claro!). Se você já é mãe, sabe do que eu estou falando. Se você ainda não viveu essa experiência, não sou eu quem vai te contar. Sempre é bom ter uma pitadinha de segredo nas coisas.

Vou te falar sobre o que todo mundo diz: amamentar é super importante para o bebê e  para a recuperação da mãe. Além de ajudar o útero a voltar mais rápido para o lugar, dizem que também emagrece.

No meu caso, é verdade. Um mês depois da chegada do Erick, estou com o corpitho de antes da gravidez. Talvez com um ou dois quilinhos a mais. Talvez porque eu não estou me pesando. Meu foco está em outro lugar, como vocês devem imaginar. 
Meu foco!
Como disse anteriormente, minha maior dificuldade foi a amamentação. 

Eu estou fazendo de tudo para amamentar meu filho exclusivamente com leite materno. Nos primeiros dias, fiquei muito insegura. Primeiramente, o leite empedrou. Compramos a bombinha e descobrimos que havia “pouco” leite. A médica deu remédio para ajudar na produção do leite. Amamentei com a ajuda da bombinha por algum tempo. Depois, as médicas (pediatra e obstetra) acharam melhor amamentar direito no peito. Sofri. Achava que ele mamava menos do que precisava. Tive dificuldade com a posição, com a pega correta do bebê no seio, mas com muita conversa e apoio do marido, estou conseguindo reverter a situação.
Erick com fome, chupando o dedinho.
Em cima da almofada de amamentação.
Aos poucos, estou retomando as atividades diárias. Tenho muita vontade de sair, bater perna, comer fora, ir ao cabelereiro. Já fui jantar num restaurante japa (depois de esperar 9 meses e meio) e fomos viajar pra chácara.
Olha a cara de felicidade da Gordinha!
Só que não me sinto a vontade para amamentar fora de casa e, por isso, prefiro ficar por aqui. Gosto de amamentar usando na poltrona e a almofada especial para amamentação.

Eu não sabia, mas durante a amamentação, você sente sede, fome, vontade de usar o banheiro e muito sono. Muito sono mesmo! Tenho que ficar com a TV ligada e com o telefone celular na mão. 

Preciso dizer que a FOME é o sentimento que mais me preocupa. Estou comendo muito bem, obrigada. Então, preciso me controlar, consumir mais frutas e verduras e diminuir os docinhos. Pra ontem isso, viu?

12 comentários:

rachel disse...

O baby é muito fofinho! :)

deiacantelli disse...

Que lindooo!

Marcela disse...

o kelvin e grandinho e me toma quase o tempo todo, imagina o seu q e pequerrucho , dedicação total!!!
vc ta linda viu e o baby um charme!
beijoss

adrianafs disse...

Rapha querida leio seu blog há um tempo, mas nunca comento, no entanto hj senti vontade...rsrs Sou mãe de dois bbs, um menino de sete anos e uma princesinha de dois, muitas coisas não falam na gestação porque cada criança é tão diferente uma da outra, meu filho me deu muuuito trabalho, super alérgico, não dormia, chorão, eu acordava a noite toda, fiquei tão cansada que aos 4 meses dele tive estafa emocional, meu cabelo caía e minha pele apresentou umas feridas...rsrsr jurava que ele seria filho único...rsrsr aí depois de 6 mese, as coisas foram se ajeitando ( eu fui aprendendo) e as delícias são tantas que nos esquecemos depressa do trabalho... Quando minha filha nasceu, já esperava o trabalhão... daí que ela NUNCA acordou de madrugada, desde que veio da maternidade dorme de 10 a 12 hrs direto e mamava no peito até mês passado, mas nem assim nunca acordou procurando peito, tirando um resfriadinho ou outro, não fica doente, não me deu um pingo de trabalho...rsrsr tá vendo é por esta razão que não falamos nd...rsrsr mas o essencial é que com trabalho ou sem trabalho é um amor tão grande que compensa td, passamos uma noite sem dormir e ao vê-los abrir aquele sorriso banguela pra gente nos reanimamos na hora e não trocamos por nd, eu amo ser mãe e vc está de parabéns seu bb é lindoooooooo bjs

Lu Moraes disse...

O Erick tá muito fofo, Rapha, benza Deus! E você também, tá lindona! Ser mãe te deixou ainda mais bonita!

Ahh, e não conta mesmo que não quero assustar antes do tempo, afinal pretendo ter 4 ou 5 babys (minha mãe diz que, depois que vier o primeiro, não vou querer mais nenhum)... hahaha

Beijo, Rapha!

Julyks disse...

Gente, é um parto eu achar o botão de comentario rs. Rapha, sempre acompanho as postagens mas nunca comento/consigo comentar. Lindo o Erick!!
Mas pelo que relatou a amamentação foi de uma problematica moderada. Tenho amigas que choram de dor ao amamentar e me da meeedo. rs
Vc estava na duvida da utilidade da almofada de amamentação né?
Pelo que vi ela tem sido mto útil. Confirma?
Como funciona? Estou querendo me inteirar de tudo e aproveito suas experiencias!!
beijooos

Marina disse...

Eu fiquei querendo saber as coisas que ninguém conta...

Uma amiga que acabou de ter neném disse que é uma sensação boa mas desesperadora ao mesmo tempo. Ela contou que passou a entender as pessoas que deiam o bebê na porta de uma casa e somem, apesar de não ter vontade de fazer isso. Ela contou também detalhes muito sórdidos sobre o parto, que eu não sabia (vomitou, defecou durante o parto, etc.).

Por que as pessoas não falam a verdade? Todo mundo sofreria menos, eu acho..!

Diário da Loirinha disse...

Oi prooo
eu vou te visitar viuuuu
ele é lindo minha mãe ficou babando
kkkkkk
Eu também queria fazer parceria com vc no blog entre no meu
www.jadeftorres.blogspot.com

Cátia disse...

Que lindos... É muito amor... É muita doçura...!!! :)
Querida aproveita e curte cada segundinho... Passa tão rápido...
Beijos amiga!!!

deiacantelli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Reaprendendo a Sonhar :))) disse...

PARABÉNS PELO FILHOTE LINDOOOO... É NORMAL COMERMOS MAIS DEVIDO A AMAMENTAÇÃO E O DOCE PARECE UM CALMANTE PARA NÓSSSS

Panmela Fernandes disse...

Nossa que bacana! Fique um tempinho sem vir aqui e tcharan o pimpolho nasceu, lindo e saudavel,parabéns!
Ter o apoio da família nessas horas é ótimo.
Beijos fique com Deus seu filho é lindo!!!