domingo, janeiro 17, 2016

.:SOBRE ESCOLHER SER FELIZ:.

Ontem foi meu aniversario de casamento. 6 anos já se passaram e muitas coisas mudaram. 

Emagreci pra casar (72kg). Engordei 9kg. Fiz o blog. Emagreci 8kg. Engravidei. Engordei 8kg. Erick nasceu. Voltei ao peso normal (71kg). Três anos e 5 meses depois da chegada do pequeno: 15kg a mais.: 87kg! 

É triste. Um pouco deprimente até.

Mas vou fazer o quê? Deixar de viver, de sair, de (me) amar? Não. Eu escolho ser feliz apesar de tudo...

Ontem mesmo, como eu ia dizendo, fomos comemorar 6 anos de casados e ó, vou te falar, não tinha ninguém na rua mais bonita do que eu. 

Tá é exagero. Mas olha eu estava tão tranquila e contente com a minha aparência que nada me abalou. Estava bem vestida, maquiada, tinha escovado o cabelo e matizado (sozinha). 

E melhor: super bem acompanhada. 

O resto eu não estava ligando. Escolhi ser feliz. 

terça-feira, janeiro 12, 2016

.:METAS 2016:.

Sim. Meta. Tem coisa mais clichê que começar o ano falando em "meta"?

Não sei. Mas estou precisando de limites. Lembra que contei que a professora de zumba ia pesar as alunas na primeira aula do ano e promover uma competição saudável?

Então, ela pesou. 

E além de ser a mais pesada das "garotas", tive que encarar o fato de ter engordado, coff-coff, 15 quinze QUINZE QUIN-ZE(!!!) quilos em 6 anos. 

Gente, que isso? Um absurdo! Não sei como cheguei aqui. Até voltei a comprar roupas Plus Size...

Olha, acho o máximo quem gosta/ aceita seu corpo roliço. Infelizmente, não é meu caso. 

Gostaria muito muito muito muito dizer que me amo ❤️ assim, mas a realidade é que não consigo nem encarar  o espelho. E quando alguém faz um elogio, o que acontece com uma frequência de 1 vez por ano, eu penso "ah tah! té parece...".

Vamos a meta de 2016: perder 15kg.

Voltar ao peso que estava no dia do meu casamento.

Detalhando a meta:
-5kg até 12/03
-4kg até 12/07 (véspera do meu niver)
-3kg até 12/10
-3kg até 12/01/2017

Viagem de lua de mel com 72kg de pura felicidade.

Totalmente impossível. 

Ai meu Deus! Ajuda essa gordinha que adora uma coxinha, risoles, chocolate! 

Amanhã conto como vou fazer pra realizar minha meta.

Sigam-me os bons!

quinta-feira, janeiro 07, 2016

.:QUERIDO BLOGUINHO:.

Querido bloguinho, faz tempo que não escrevo.

Não só em você; faz tempo que palavras não saem dos meus dedos gordinhos.

Se desconsiderarmos o Facebook e o Whatsapp (e acho que podemos desconsiderar), faz tempo que eu não escrevo as minhas memórias.

Tudo continua girando em torno do meu filho, o Erick, agora com 3 anos e 5 meses. Desde o seu diagnóstico estamos numa corrida contra o tempo. A boa notícia é que as coisas sempre tendem a melhorar. A má notícia é que tudo envolve dinheiro e tempo.


Fico feliz que haja muitas pessoas que torcem por nós.

Claro, existem também as que desconfiam, se ferem à toa, não entendem a complexidade do autismo, mas pra essas eu não tenho tempo... nem paciência...Tenho pena.

Sorte a nossa que somos unidos e não é qualquer coisa que nos abala. Nossa força está na união.
A minha vida continua na mesma. Estou bastante redonda e não tenho coragem de subir na balança. O ano começou e mantive o que estava dando certo: a Zumba e a terapia - embora esteja de férias das duas.

A professora de Zumba é super animada. Criou um desafio que começa no retorno das aulas. Ela vai pesar todas nós e vamos competir pra ver quem perde mais peso e medida. Quem ganhar, além de ficar mais linda e motivada, ainda leva uma camiseta da Zumba. Não vejo a hora de voltar a dançar. Já contratei o plano de 6 meses para não desistir.

Estou de férias até dia 03 de fevereiro, quero dizer, férias do trabalho remunerado. O Erick já voltou na natação, terapia ocupacional, psicoterapia e fono. Minhas férias e mãe-torista, já acabaram, como você pode notar.

Na semana que vem ou na outra, ele volta pra escola. Não viajaremos. Entretanto, estou tentando levá-lo pra passear por aqui mesmo. Já fomos pra chácara, Parque da Mônica e parque Cândido Portinari.



Por mais que não esteja escrevendo, procuro manter meu ritmo de leitura. Uma das minhas maiores paixões. Ainda mais agora que leio quase tudo no iPad ou celular. Vai rapidinho.  Eu poderia até gastar meu tempo preparando um prato mais colorido, mas ler é tão tão tão mais legal.

Não li, assim, 300 livros, no ano passado. Mas uns 30, com certeza!

Bom, é isso bloguinho! Senti saudade e espero voltar a escrever em você o mais rápido possível.

Prometo!

Não. Não prometo. Mas vou tentar.

beijinhos, Sua Gordinha