sexta-feira, outubro 09, 2015

.::VIVA::.

A partir do diagnóstico do Erick, passei a dedicar cada minuto em prol do desenvolvimento dele. Foram cursos, livros, consultas médicas (pediatra, neuro, psiquiatra), reuniões na escola, avaliações com diversos profissionais, terapias e tempo no trânsito caótico de São Paulo.


Um ano depois, com modestos 10kg a mais!, entrei naquela fase de não suportar encarar o espelho.

Procurei minha ginecologista e reclamei do aumento do peso [como se fosse culpa dela!]. Eu confesso que tudo que eu queria era: um milagre REMÉDIO! Já tomei sibutramina antes, como contei aqui, e conheço seus efeitos colaterais. Realmente eu estava desesperada! 

A doutora, entretanto, resolveu fazer o seguinte encaminhamento: 

(1) exames de sangue semanais durante 1 mês para analisar meus hormônios da tireoide.
(2) reposições injetáveis de vitaminas B12 e Noripurum
(3) sessões de terapia psicológica 

Confesso que na hora fiquei decepcionada. Queria algo rápido, eficiente e milagroso. Fiz a reposição de vitaminas e procurei uma psicóloga que gostasse, mas demorei quase dois meses para começar os exames de sangue. 

Estava super resistente com as consultas psicológicas porque eu sempre dizia que, se pudesse, faria algo que não me fizesse pensar ainda mais nas dificuldades do dia a dia. 

Entretanto, tive uma empatia enorme com a terapeuta e ela tem me ajudado demais. São 4 semanas de tratamento e estou adorando. Fico pensando que todo mundo deveria fazer terapia... 

Claro que o assunto principal é minha péssima relação com a balança, mas também falamos sobre o Erick e, principalmente, o Edgar (ela é especialista em terapia de casal, então, valoriza muito esse aspecto). 

Maridão, inclusive, está dando maior força! Foi pros States of America a trabalho e trouxe um monte de mimos: perfume, creme, maquiagem, shampoo! Tudo pra eu ficar mais linda e cheirosa. E ainda me deu uma maleta incrível de maquiagem! 

Além da terapia, comecei a me alimentar melhor e praticar Zumba duas vezes na semana. É muito divertido porque eu erro muitos passos, mas não desisto. Dou risada e sigo em frente. Já participei de 4 aulas (2 semanas) e, pelo que demonstra a balança, já perdi 4,5kg! Dá pra acreditar na minha alegria? 

Comecei a Zumba com 87,7kg e, agora, estou com 83,3kg. Ainda está loooooooooooonge do peso ideal, mas é um começo. E tem sido um começo muito divertido. Fazia tempo que não me sentia tão bem comigo mesma. 

Borá ser feliz e zumbar!