quinta-feira, janeiro 15, 2015

.:SALADA NA MESA TODO DIA:.

Oi genteeee! 

Tô tão phyna na alimentação. Nem acredito.

Lanchinho da manhã: manga, banana e granola light Taeq
Estou até conseguindo beber 2 litros de água por dia. O calor ajuda no consumo e na falta de paciência, né?

A grande mudança na minha alimentação aconteceu por uma razão específica que eu ainda não tinha contado para vocês.

Há duas semanas um casal de amigos (ela, nutricionista e ele, analista de sistema) bolaram uma ideia simples e genial. Eles criaram um grupo pequeno no whatsapp e todos os membros do grupo devem postar fotos das suas refeições.

Participam do grupo: o casal, eu e o Edgar e mais três pessoas.

Tudo que comemos deve ser postado. Desde o café da manhã até a ceia. De segunda a segunda.

A Marister, que é a nutricionista, vai dando dicas e propondo alguns desafios.

Jantar de sábado: pizza de rúcula!
Porque eu sou muito determinada.
Não foi fácil no começo porque não tinha muita coisa saudável em casa, mas vendo as fotos da nutricionista e da irmã dela (que come absurdamente bem), tentei tirar algumas ideias e fui às compras light (castanhas, frutas, verduras...).


Como a gente tem que fotografar e postar no grupo tudo que a gente come, dá uma vergonha danada de comer errado ou de mandar 500 fotos por dia. Meu problema sempre foi que eu adoro beliscar fora de hora.

Minha vida continua super corrida. Meu filho já voltou para escola e também para a terapia. Meu marido também tem uma jornada tripla e temos muitas pendências para resolver na casa nova. Por isso tudo, preciso otimizar meu tempo na cozinha. Devo comer bem, mas não posso gastar muito tempo com isso.

Um jeito que eu bolei de ter sempre salada na mesa foi de deixá-la pronta (limpa) na geladeira. Compro já higienizado ou faço em casa. Normalmente dá pra umas 4 refeições porque eu como meio prato de salada.
Nessa semana: cenourinha baby cortadinha, rúcula que eu comprei higienizada,
alface baby krisp, milho cozido, palmito e tomatinho cereja.
Salada já montada no pote.
E assim vai para geladeira. Sem temperos.
Tem me ajudado muito.

Só temperar e ser feliz! 


segunda-feira, janeiro 12, 2015

.:DAQUI PRA FRENTE:.

O ano começou e eu não fiz minha lista de promessas. Se eu tivesse feito, era óbvio que eu ia colocar na lista EMAGRECER porque, como já havia dito antes, estou bem roliça. 

Mas eu não quis começar o ano cometendo o mesmo erro do passado: prometer e não cumprir. 

A verdade é que quero fazer do meu 2015, um ano diferente. E a única maneira de colocar isso em prática é FAZENDO. Planejar é importante, mas executar que é fundamental. 

Não quis vir aqui gritar ao vento que ia voltar a me alimentar bem e blá blá blá porque (pasmem!) tem gente que vem aqui para ler e torcer contra. É claro que eu estou falando de uma minoria, mas ainda assim, não agüento a cara de deboche quando pergutam: "continua comendo direito?". 

A pessoa pensa que eu não percebo que ela quer ouvir que desisti, que minha gula me venceu, que estou triste, desanimada... A balança pode ter me vencido, mas foi apenas uma batalha. A guerra continua. 

Enfim,...

Comecei 2015 mais leve. Mais colorido. Mais animada. Tenho 1.000.000 de pendências para resolver (minhas, da casa, do filho, do marido). Não posso me entregar. Tenho que cuidar de mim, estar bem. 

Estou começando a montar uma horta em casa. Por enquanto só tenho salsa e hortelã, mas aos poucos vou ter vários temperos e ervas. 😍😊

Tenho criado soluções para matar a "fome" de doce e bebido muita água e chá gelado. 

 A agenda está cheia e não sobra muito tempo pra escrever. Aos poucos vou contando tudo por aqui.

Por enquanto, vou comemorando a disposição que ganhei depois que comecei a comer melhor.

Viva 2015!